alijalo

AD sinalizou o Dia Internacional em Memoria das Vitimas da Escravatura

 Sem categoria  Comentários fechados em AD sinalizou o Dia Internacional em Memoria das Vitimas da Escravatura
Abr 032018
 

A ONG AD – Acção para o Desenvolvimento, no quadro de projecto “Cacheu, di si cultura i Istoria” em colaboração com parceiros do programa Associazione Interpreti Naturalistici (AIN), Cooperativa Agrícola dos Jovens Quadros (COAJOQ) e o Governo Regional, financiado pela união Europeia (EU) celebraram quarta-feira, 28 de Março de 2018, na Escola de Artes e Ofícios de Quelelé em Bissau o dia Internacional em Memória das Vítimas da Escravatura e do Comércio Transatlântico de Escravos.

Pretende-se com o evento, chamar atenção sobre às condições dos migrantes que se encontram sujeitos a novas formas de exploração humana.

O evento que envolveu estudantes universitários e das escolas do ensino complementar, foram apresentadas as temas: Reportagem radiofónico, intitulado: “Líbia de busca de melhor vida à Escravatura”, do Jornalista Mamudo Danso da Rádio Voz de Quelele, que recebeu, o prémio de jornalismo dos Direitos Humanos de 2017Crianças trabalhadoras em risco de emigração e forçada sofrimentoAs novas formas de Escravatura, Exemplo da venda de seres humanos na Líbia.

No final, foram entregue Certificados de participação aos formandos do Curso em Produção Cultural realizado no Memorial em Cacheu.

AD celebra o Dia Internacional em Memória das Vítimas da Escravatura e do Comércio Transatlântico de Escravos

 Sem categoria  Comentários fechados em AD celebra o Dia Internacional em Memória das Vítimas da Escravatura e do Comércio Transatlântico de Escravos
Mar 222018
 

Nesta quarta-feira, 28 de Março de 2018, pelas 16.00 horas, na Escola de Artes e Ofícios de Quelelé em Bissau, a ONG AD-Acção para o Desenvolvimento, em parceria com AIN-Associazione Interpreti Naturalistici, COAJOQ-Cooperativa Agrícola dos Jovens Quadros e o Governo Regional de Cacheu, animadores do Memorial da Escravatura e do Tráfico Negreiro de Cacheu, organizam a celebração do Dia Internacional em Memória das Vítimas da Escravatura e do Comércio Transatlântico de Escravos.

Em 2007 a Organização das Nações Unidas escolheu o dia 25 de Março para honrar a memória de milhões de vítimas do sistema da escravatura, visando também sensibilizar sobre as suas formas mais modernas, alimentadas pelo racismo que continua a nutrir preconceitos e discriminação, bem como as situações dos atuais fenómenos de migrações forçadas e tráficos de seres humanos, entre outras.

Este ano o Memorial da Escravatura e do Tráfico Negreiro de Cacheu quere chamar atenção sobre às condições dos migrantes que se encontram sujeitos a novas formas de exploração escravista, entre os campos de Líbia e as crianças trabalhadoras. Durante a cerimonia, serão ainda apresentadas as atividades do Memorial e a sua programação para 2018. A cerimónia contará com a participação das diferentes organizações participantes no projeto, autoridades nacionais e internacionais.

A cerimónia realiza-se este ano no quadro do projeto “Cacheu, di si cultura i Istoria implementado no período de 2016-2019 pela ONG AD-Acção para o Desenvolvimento em parceria com AIN onlus, COAJOQ e Governo Regional de Cacheu, e financiado pela União Europeia.

Comunicado de Imprensa

 

Djumbai di Cacheu

 Sem categoria  Comentários fechados em Djumbai di Cacheu
Mar 022018
 

No âmbito do projeto Cacheu di si Cultura i Istoria, decorreu de 19 a 24 de Fevereiro de 2018 no Memorial da Escravatura e Tráfico Negreiro de Cacheu uma formação dos produtores culturais, ministrada pela formadora Magdalena Bialoborska, do Centro de Estudos Internacional-CEI da Universidade de Lisboa. Esta formação tem como objectivo capacitar as pessoas de diferentes ONG e instituições que trabalham em colaboração com a AD e organizações parceiras neste referido projeto, na criação, planificação, promoção, e execução de projetos culturais. Participaram nesta formação Grupo dos Felupes, Grupos de tina de Cacheu, Grupo teatral Bessamar de Cacheu, Cabaz ku nô Djunta, artistas e compositores individuais.

VI. Festival de Cacheu realizado

 Sem categoria  Comentários fechados em VI. Festival de Cacheu realizado
Dez 012017
 

Nos dias 24 e 25 de Novembro de 2017, foi realizado na cidade de  Cacheu, o VI. Festival Cultural ″Cacheu di si Cultura i Istoria″ e em simultâneo a conferencia sobre “Escravatura e Tráfico Negreiro, sua influência no surgimento e evolução da língua crioula e na expansão da Panaria Africana”.

Milhares de pessoas vindas das diferentes cidades e tabancas da região de Cacheu, da capital Bissau e de outras regiões do país, incluindo personalidades diplomáticas estiveram presentes, tendo participado na conferencia e assistido o Festival cultural. Artistas consideradas maior atracção actual, como Manecas Costa, Zé Manel, Tino Trimo, Dulce Neves e cerca de 35 grupos culturais locais animaram o palco durante duas noites, com músicas e dança da terra. Momentos interessantes de poemas e teatro sobre a escravatura. Este momento de artistas musicais teve a presença de uma actriz e apresentadora da TV Globo. Durante os dois dias viu-se uma exposição de produtos agrícolas, apícolas e artesanais locais.

Ver as imagens

 

 

VI Festival Cultural de Cacheu

 Sem categoria  Comentários fechados em VI Festival Cultural de Cacheu
Out 172017
 

A (ONG AD) Acção  para o Desenvolvimento em parceria com AIN onlus, COAJOQ e Governo Regional de Cacheu, organiza  nos  dias 24 e 25  de Novembro de 2017, na cidade de Cacheu, o VI Festival Cultural de Cacheu, realizado  no  âmbito  do  projeto  “Cacheu,  di  si  cultura  i  istoria”,  financiado  pela  União  Europeia.

Auditores do tribunal de conta da EU visitam as instalações do memorial de Cacheu

 Sem categoria  Comentários fechados em Auditores do tribunal de conta da EU visitam as instalações do memorial de Cacheu
Out 092017
 

Os Senhores auditores do tribunal de conta da União Europeia visitaram as instalações do Memorial da Escravatura e Tráfico Negreiro de Cacheu, apreciando a planta arquitetónica do Bloco A e das obras recuperação dos blocos B e C. Esta visita enquadra se no âmbito da avaliação da contabilidade do 2º ano do projeto Cacheu di si cultura i storia.

Imagens da visita

Blocos B e C do Memorial estão numa fase avançada

 Sem categoria  Comentários fechados em Blocos B e C do Memorial estão numa fase avançada
Set 282017
 

As obras de construção dos blocos B e C do Memorial de Cacheu, financiado pela U E  e a colaboração da ONG italiana AIN e da Fundação Mário Soares, estão numa fase muito avançada de acabamento. Estes blocos vão ser inaugurados no primeiro trimestre de 2018. As obras da reabilitação destes blocos iniciaram desde 2016. O bloco central A foi inaugurado em Julho de 2016.

O Memorial de Escravatura e Trafico Negreiro de Cacheu foi inaugurado

 Sem categoria  Comentários fechados em O Memorial de Escravatura e Trafico Negreiro de Cacheu foi inaugurado
Jul 182016
 

placa de inauguraçãoNesta sexta-feira, 8 de Julho de 2016, a ONG AD – Acção para o Desenvolvimento em parceiria com AIN onlus, COAJOQ, Fundação Mario Soares e Governo Regional de Cacheu, inaugurou o Memorial de Escravatura e Trafico Negreiro de Cacheu, realizado no quadro do Projeto “Cacheu, Caminho de Escravos”, co-financiado pela União Europeia.

A cerimónia contou com a presença do Embaixador da União Europeia e do Ministro da Juventude Cultura e Desportos, representantes do governo regional e da comunidade de Cacheu, os parceiros da ação e representantes da sociedade civil. Além da apresentação do Memorial e a visita à exposição permanente, houve breves conferências temáticas sobre história da escravatura e do tráfico, Cacheu património histórico, dinâmicas territoriais, bem como animação de grupos culturais locais.

O Memorial de Escravatura e Trafico Negreiro de Cacheu contribui para a compreensão da identidade histórica dos africanos e dos guineenses e para a construção de uma memória partilhada que possa favorecer a justiça social e a paz. Para além do seu valor histórico e cultural, com o Memorial pretende-se tornar Cacheu um polo de atratividade turística e de dinamização comunitária, induzindo externalidades positivas à economia regional, favorecendo a apropriação dos processos de produção e promoção cultural por parte dos seus protagonistas, particularmente agentes e promotores culturais.

O projeto “Cacheu Caminho de Escravos”, implementado no período 2012-2016 pela ONG AD – Acção para o Desenvolvimento, e seus parceiros visa promover o resgate e a vulgarização da cultura e história de Cacheu; promover a cultura e a identidade local como meio de redução da pobreza, criando riqueza através de novas atividades económicas; potenciar a diversidade cultural étnica enquanto fator de paz, desenvolvimento e unidade nacional para uma imagem multicultural da Guiné-Bissau.

ver as imagens

Comunicado de imprensa conjunto

 Sem categoria  Comentários fechados em Comunicado de imprensa conjunto
Jul 042016
 

Ler o Comunicado de Imprensa

A  ONG  AD-Acção  para  o  Desenvolvimento  em  parceiria  com  AIN  onlus,  COAJOQ,  Fundação  Mario
Soares e Governo Regional de Cacheu,  no dia 8 de Julho de 2016 (Sexta-feira)  vai inaugurar  o Memorial de
Escravatura e Trafico Negreiro  de Cacheu,  realizado  no quadro do Projeto “Cacheu, Caminho de Escravos”,
cofinanciado pela União Europeia.
A  instalação  do  Memorial  de  Escravatura  e  Trafico  Negreiro  de  Cacheu  permitirá  contribuir  para
compreensão  da  identidade  histórica  dos  africanos  e  dos  guineenses  e  para  construção  de  uma  memoria
partilhada que possa favorecer uma  nova cultura de justiça  social e de paz.  Para alem do seu valor histórico e
cultural o mesmo poderá tornar-se num polo de atratividade turística  e de  dinamização  comunitária  induzindo
externalidades positivas à Economia Regional. Com este Memorial em funcionamento será melhorado o acesso
à  cultura,  tornando-a  mais  próxima  das  comunidades  locais  e  da  população  do  país  e  ainda  melhorada  a
apropriação dos processos de produção e promoção cultural, por parte dos seus protagonistas ,  particularmente
agentes e promotores culturais.
O projeto  “Cacheu Caminho de Escravos”  foi  implementado  no  período  2012-2016  pela  ONG ADAcção  para  o  Desenvolvimento  em  parceiria  com  AIN  onlus,  COAJOQ,  Fundação  Mario  Soares  e  Governo
Regional de Cacheu  e  foi  cofinanciado pela União Europeia,  visando:  a)  Promover o resgate e vulgarização da
cultura  e  história  de  Cacheu;  b)  Promover  a  cultura  e  identidade  local  como  meio  de  redução  da  pobreza,
criando  riqueza através de novas  atividades  económicas; c) Potenciar a diversidade cultural étnica enquanto
fator de paz, desenvolvimento e unidade nacional para uma imagem multicultural da Guiné-Bissau.

Inauguração do Memorial da Escravatura e Tráfico Negreiro de Cacheu

 Sem categoria  Comentários fechados em Inauguração do Memorial da Escravatura e Tráfico Negreiro de Cacheu
Jun 222016
 

logo do memorial da escravaturaCom o apoio da União Europeia e a colaboração da ONG italiana AIN e da Fundação Mário Soares, foi reabilitado o memorial da escravatura e tráfico negreiro de Cacheu, este edifício vai ser inaugurado no próximo dia 08 de Julho de 2016 na cidade de Cacheu. As obras da reabilitação iniciaram desde 2013.

Ler o programa